Os 100 fatos que mudaram o sexo

Tags

, , ,
Os 100 fatos que mudaram o sexo

Acredita-se que a Revolução Sexual começou com a pílula anticoncepcional. Porém, bem antes disso, Homens e mulheres já tinham feito muitas outras revoluções, dentro e fora da cama.

  1. (Bibl.) Uma serpente falante tenta Adão e Eva para comerem a fruta da árvore proibida – o primeiro afrodisíaco de que se tenha notícia – provocou a cólera do Altíssimo e a subsequente expulsão do Jardim do Éden. O mundo recém começava, tinha quatro gatos pingados, e já aprontavam por conta do sexo. Imaginem o que veio depois, quando apareceu muito mais gente…
  2. (Bibl.) Onã passa à história como pioneiro de “Faça-o você mesmo”. Embora Deus tenha matado Onã por derramar sua semente, isso não amedrontou às seguintes gerações, e até o dia de hoje adolescentes ansiosos e adultos solitários lhe rendem culto, sem medir esforços.
  3. (Bibl.) Os cananeus de Sodoma e Gomorra, passavam a vida numa suruba só, até que Deus, farto de tanta sacanagem, os reduz a pó. Embora na Bíblia não se mencione em momento algum a palavra “homossexualidade”, A partir da Idade Média o vocábulo “sodomia” começou a ser usado como sinônimo de “homossexualidade”, para estigmatizá-la, embora na Bíblia não se mencione em momento algum que esse fosse o esporte favorito dos cananeus.
  4. 29.000 a 25.000 a.C. (aprox): os homens do Paleolítico Superior esculpem a Vênus de Dolní-Vêstonice, provavelmente uma deusa da fertilidade, e a primeira Pin-Up da história.
  5. Aprox. 4000 a.C.: No templo de Ishtar, na Suméria, as mulheres começam a ganhar o pão com o suor da sua vagina com o que, no decorrer do tempo, seria o ofício mais velho do mundo.
  6. Aprox. 3000 a.C.: Os antigos egípcios não se limitaram a construir pirâmides: também foram os primeiros a ter a idéia de bloquear o colo do útero para evitar a gravidez, empregaram um diafragma rudimentar feito de mel e fezes de crocodilo secas. Os espermatozóides, ao ver aquilo, falavam “eca!”, e pegavam o caminho de volta sem fertilizar o óvulo.
  7. Aprox 600 a.C.: Segundo o Jakata (uma coleção de lendas védicas), o rei Tamba de Benaras acumulou o maior harém da história, composto por 16 mil mulheres. Imaginem o escândalo que fariam as garotas que por ventura caíssem na vez em que o rei não estivesse muito “animado”.
  8. 638-558 a.C.: Sólon de Atenas – considerado um dos Sete sábios da Grécia antiga- foi o primeiro a abrir prostíbulos públicos. Criou assim, os Dicteriom, que, confinados em certos bairros, eram explorados economicamente pelo Estado. O cara era esperto mesmo!
  9. 610 a 580 a.C. (aprox): Vida de Safo, que nasceu e viveu na Ilha de Lesbos, poetisa muito admirada na sua época. Porém, hoje mais ninguém lembra de suas poesias e a história a divulgou como a criadora do Culto Sáfico ou Lesbianismo.
  10. 440 a.C. (aprox): Na antiga Grécia surge a idéia que o útero é um órgão móvel que fica perambulando pelo organismo da mulher, causando doenças ao chegar ao peito. Daí se origina a palavra histeria, e a idéia de que se tratasse de uma neurose atribuída exclusivamente às mulheres: um mito que continuou vigente por mais de mil anos e que, comicamente, acabaria no florescimento do mercado de vibradores no final do século XIX.
  11. Aproximadamente 300 a.C: auge do culto a Príapo, um deus menor que tinha sempre seu enorme falo em ereção, como símbolo da força fecundadora da natureza. Ao seu lado, até o Rocco Sifredi parece um deficiente sexual.
  12. Política e o sexo sempre combinaram bem. Já em 298 a.C., Demétrio I, rei tirano da Macedônia, se apaixonou por hetera grega Lamia, possivelmente a vagina melhor cotada da história. Além de cobrar pelos seus serviços 250 talentos – um talento equivalia a 25,8 quilos de ouro – fez com que Demetrio a promovesse a Deusa, e que o povo ateniense construísse um custoso altar em seu nome. Demetrio roubava, mas fazia!
  13. Aprox. 61 a C: Hoje em dia nos achamos muito espertos, mas a verdade é que não inventamos nada: já no antigo Egito, existiam mulheres – e não sempre prostitutas- especializadas na arte da felação. Cleópatra era a mais famosa, e parece que mexia no falo como se fosse a flauta mágica de Mozart. Mas não era esse seu único talento. Com apenas 18 anos, conseguiu seduzir e render aos seus pés nada menos que ao imperador Julio César, que tinha quase 80. As más línguas contam que o César fazia tempo que só dava broxa, mas que Cleópatra conseguia lhe fazer atingir uma ereção incrível através do simples procedimento de lhe enfiar o dedo indicador pelo anus até a próstata. Daí que a essa estimulação anal seja conhecida também como “caricia de Cleópatra”.
  14. 14-37 d.C.: O imperador romano Tibério, o mais famoso pederasta do Mundo Antigo, que chega a  treinar  menores de ambos os sexos na sua ilha de Capri, não só  para que efetuem na sua presença todo tipo de atos sexuais, mas também pra que lhe façam sexo oral numa piscina. Daí que os chamasse, carinhosamente, “meus peixinhos”.
  15. 37-41 d.C.: Reinado de Caio César Augusto, mas conhecido como Calígula. Embora tenha morrido muito novo, aos 29 anos, assassinado pela guarda pretoriana, não lhe faltou tempo para dar no couro de quantas fêmeas lhe passaram pela frente, incluindo sua mãe e suas três irmãs (as quais também obrigou a prostituirem-se).
  16. Durante o século I o abuso de menores foi uma prática comum nas classes altas de Roma. Mas no ano 84 d.C o imperador Domiciano diz “chega!” e promulga uma lei que proíbe a prostituição de crianças… antes dos 7 anos de idade!
  17. Ano 138: Um médico grego chamado  Soranus de Éfeso, após muito refletir sobre uma estratégia que lhe permitisse  meter mão nas mulheres, e ainda receber por isso, inventa a ginecologia.
  18. Ano 160 (aprox.): O famoso médico romano Galeno inventa a palavra gonorréia. Os seus pacientes ficaram muito gratos ao saber, por fim, o nome de aquilo que coçava tanto.
  19. Entre 240 a 550 (aprox.): Não satisfeitos em praticá-lo, os homens sentem necessidade de escrever o sexo, e aparece o Kama Sutra, primeiro best-seller da história, cuja quantidade de traduções e reedições deixaria verde de inveja Stephen King e Paulo Coelho juntos. Mais de um casal necessitou de um traumatologista após ter tentado levar a pratica alguma das posturas descritas no livro.
  20. Ano 476 (aprox): Começa a Idade Média. Nesse período, doutores da Igreja promovem a misoginia como parte da ortodoxia católica, e chegam a sugerir que a mulher carece de alma, e até que a fêmea da nossa espécie não é inteiramente humana. Bom, tem algumas, como Angelina Jolie, que é difícil acreditar que seja mesmo humana.
  21. Também nesse período aparece o Feudalismo, e com ele se consagra a instituição do Direito da Primeira Noite (depois chamado Direito de Pernada), que permitia ao Senhor Feudal, no âmbito de seus domínios, desvirginar as noivas do seus servos na noite de núpcias.
  22. 625-705: A Imperatriz Wu foi a única mulher na história da China que ocupou o trono imperial. Mulher prática, soube combinar sabiamente o trabalho e o prazer, exigiu por decreto que tanto os dignitários do seu governo, quanto os embaixadores de outras nações, lhes demonstrassem respeito praticando-lhe uma cunilíngua.  Também foi a primeira e única mulher de que se saiba a ter a sua disposição um harém masculino.
  23. 769: O imperador cristão Carlos Magno resolve que o adultério não é motivo para dissolver o vínculo matrimonial, consagrado por Deus. Anos depois, proíbe o casamento, em seguida, casamento de pessoas divorciadas. Um exemplo típico de “faça o que eu digo, mas não o que eu faço”, já que seus dois matrimônios terminaram em divórcio, e conservou várias concubinas entre e durante ambos os casamentos.
  24. Aproximadamente em 1095, e como consequência das Cruzadas, se inventa o Cinto de Castidade. Ao mesmo tempo, aumenta-se bruscamente a demanda por chaveiros.
  25. 1486 No contexto da paranóia bruxeril do Renascimento, se edita na Alemanha o Malleus Maleficarum (O martelo das feiticeiras), dos inquisidores dominicanos com nome de duo cômico Kraemer e Sprenger. Além de ser um manual de torturas, é também um dos livros mais misóginos (avesso ao feminino) já escritos. E nele se explica, entre outros desaforos, que as mulheres, por serem mais fracas e de intelecto inferior, são mais propensas que os homens a deixarem-se tentar por Satanás.
  26. 1563: No Concílio de Trento, a Igreja Católica toma dentre outras, duas decisões cujas consequências deixariam se sentir até muito tempo depois: celibato dos sacerdotes e proibição do divórcio.
  27. 1564 Gabriele Falloppio não só descobre as trompas de Falloppio, mas também inventa o preservativo masculino, criando uma bainha feita de tripa de animal e pano, que seria fixado á base do membro com um laço de amarrar. Apesar das grandes epidemias de sífilis da época, o seu uso nunca foi muito popular, pois os homens que o testaram não sabiam se tinham enfiado numa mulher ou faziam espeleologia com o pênis dentro de uma caverna.
  28. 1600 (aprox) Datam os primeiros documentos que fazem alusão à asfixia erótica, uma prática consistente em diminuir a entrada de oxigênio no corpo para aumentar o prazer sexual, e que originalmente foi um método terapêutico que se empregava contra a impotência e outras disfunções eréteis. Acredita-se que a idéia pode ter sido consequência da observação de que alguns réus executados na forca tinham ereções muito fortes, que às vezes se prolongavam por dias após a morte, e que alguns até ejaculavam durante a execução.
  29. 1601 Após um curto processo, Claudine de Culam, jovem francesa de 16 anos, acusada de manter relações carnais com seu cachorro, é enforcada, junto com seu bichinho de estimação, em praça pública. Embora a bestialidade ou zoofilia conhecia-se desde bem antes, – as primeiras referências escritas remontam-se à Bíblia -, esse é o primeiro e único caso conhecido de pena de morte por esse motivo. Até os dias atuais ninguém entende que culpa tinha o cachorro, que foi enforcado junto.
  30. O cientista holandês Anton Van Leeuwenhoek descobre, no seu próprio sêmen, a existência de organismos móveis, depois chamados espermatozoides. É possível imaginar que o microscópio ficou todo engordurado.
  31. 1725-1798: Vida de Giacomo Casanova. Embora tenha sido aventureiro, escritor prolífico, matemático, diplomata e espião, passou à posteridade como estereótipo de sedutor irresistível. Porém, sabe-se que suas conquistas não passaram das 150.
  32. 1728: Nasce Charles d’Eon, também conhecido como Mademoiselle du Beaumont, enigmático espião francês ao serviço do rei Luis XV, que fazia seu serviço tanto vestido de homem como de mulher. Daí que seja considerado o pai formal do travestismo, também conhecido como “eonismo”.
  33. 1740-1814: Vida de Donatien Alphonse François, marquês de Sade, cujas apologias literárias da libertinagem e do sexo cruel lhe renderam o cárcere num hospício por ordem de Napoleão Bonaparte. Tinha nascido o sadismo, uma parafilia consistente em sentir prazer sexual ao infringir dor e humilhação ao outro.
  34. 1748: John Cleland escreve Fanny Hill, memórias de uma mulher de prazer, o primeiro romance safado contemporâneo, que tornou-se também sinônimo de batalha contra a censura.
  35. 1769-1821 Bem antes do Cascão, Napoleão Bonaparte já acreditava que a água é para as pererecas de verdade. Tinha costume de ler e escrever à sua esposa Josefina cartas, onde lhe pedia que não tomasse banho, para assim poder curti-la ao natural.
  36. 1791: primeiro caso registrado de morte por asfixia auto-erótica: a do compositor Frantisek Kotzwara, que se asfixia por acidente enquanto recorre á semi-estrangulação, com objeto para melhorar seu orgasmo. Com o passar dos anos, Michael Hutchence – vocalista de INX – e David Carradine – protagonista do seriado Kung-Fu – seguiriam entre outros, seu glorioso exemplo, e provaram, de passagem, que a punheta pode mesmo matar.
  37. 1795 (aprox) Francisco de Goya pinta a famosa “Maja nua”, primeira mulher pelada da historia do arte. Por suposto, os nus já existiam desde bem antes, mas sempre eram nus alegóricos ou mitológicos, enquanto a Maja não representava nada que não fosse mesmo uma mulher pelada, sem nenhum atenuante simbólico. A censura da época (ou seja, a Inquisição) não curtiu nem um pingo, sequestrou a obra por obscenidade e até tentou levar ao seu autor a juízo.
  38. 1798: O economista britânico Thomas Malthus recomenda a abstenção como método de restringir a explosão demográfica. A maioria das pessoas pensou que Malthus estivera fumando baseados e seguiram trepando como se tal cosa.
  39. 1836-1895 Vida de Leopold von Sacher-Masoch , escritor austríaco que necessitava ser atado, humilhado e chicotado por mulheres corpulentas para alcançar o clímax. Embora lhe doa, inventou o masoquismo.
  40. 1848 : Nascimento do feminismo numa convenção em Sêneca Falls, Nova Iorque, em que assistem 300 mulheres. Naquela época as mulheres ainda eram humildes e se limitaram só a reivindicar seu direito ao voto.
  41. 1856: Nasce Sigmund Freud quem, anos depois, afirmaria que quase tudo o que o ser humano faz – desde sonhar até compor a Nona Sinfonia – tem uma motivação sexual inconsciente. Suas teorias sobre castração, sublimação, pulsões e demais, tem influenciado decisivamente na nossa sociedade até hoje.
  42. 1868: Nasce em Galicia Agustina Otero, conhecida como “a bela Otero”, figura emblemática da Belle Époque, e provavelmente a prostituta de luxo melhor paga dos tempos modernos, que colecionou amantes tão poderosos quanto o czar Nicolau, Leopoldo da Bélgica, o kaiser Guilherme e o príncipe Alberto do Mônaco. Dilapidou sua enorme fortuna – estimada em mais de 400 milhões de euros ao cambio atual- nas mesas de jogo de todo o mundo, Morreu sem um tostão numa miserável pensão em Niza.
  43. 1875-1947 Vida de Aleister Crowley, satanista e precursor das modernas seitas sexuais.
  44. 1876: Nasce a mítica Margaretha Geertruida Zelle, que passara a história com o nome artístico de Mata-Hari, bailarina exótica e cortesã de luxo, favorita de vários militares e políticos influentes. Acusada de espionagem, morre fuzilada em 1917.
  45. 1878: Nasce Isadora Duncan, que não só revolucionaria a arte da dança com coreografias transgressoras, como também chocaria a sociedade, viveu sua bissexualidade contrariamente a moral tradicional da sua época.
  46. O médico britânico Joseph Granville inventa o primeiro vibrador de baterias na década de 1880, como ferramenta terapêutica para combater o que, nesses tempos, se conhecia como histeria feminina. Antes disso, os médicos acariciavam manualmente a paciente até que atingissem o orgasmo, que, no contexto da época, se considerava “paroxismo histérico”, ao considerar o desejo sexual reprimido feminino como uma doença. No mesmo ano, um colega da Alemanha, inventa o diafragma.
  47. 1886 Publica-se Psychopathia Sexuallis, do psiquiatra alemão Richard von Krafft-Ebing, uma verdadeira catalogação descritiva de “desvios” sexuais. Ebbing foi um homem caretinha que acreditava que o objetivo do desejo sexual é a procriação, e que qualquer forma de relação sexual que não tivesse esse objetivo, era uma perversão. Se vivesse hoje…!
  48. 1895 O dramaturgo irlandês Oscar Wilde é condenado a dois anos de trabalhos forçados após um famoso processo no qual foi acusado de atentados à moral pela sua condição homossexual.
  49. 1889: Abre suas portas o Moulin Rouge, – o cabaret mais famoso do mundo e símbolo emblemático da boemia parisiense – onde se oferecem os primeiros espetáculos de strip-tease.
  50. 1901 O bacteriologista alemão Paul Ehrlich descobre o “Salvarsan”, o antídoto mais eficaz contra os estragos da sífilis até a aparição da penicilina.
  51. Hamilton Beach lança em 1902 o primeiro vibrador elétrico para venda comercial, se converteu no quinto aparelho doméstico e elétrico, chegou ao mercado bem antes que muitos outros eletrodomésticos que hoje se consideram essenciais. Acredite ou não, foi um estouro comercial e muitas companhias desenharam seus próprios modelos, e os diversos tipos se anunciavam como máquinas de massagem antiestresse em revistas e jornais.
  52. 1923 Nasce Bettie Page, a mais icônica das pin-up e modelos de capa de revista, também precursora do fetichismo e da estética bondage.
  53. 1926 O ginecologista holandês Theodoor Hendrik van de Velde publica seu livro O matrimônio perfeito, animando aos matrimônios a desfrutar da sexualidade. Embora a Igreja Católica tenha o incluído no Index – a sua lista de livros proibidos – para 1932 já tinha alcançado 46 edições, que demonstrou, mais uma vez, que não existe maior publicidade que a censura.
  54. Nesse mesmo ano nasce uma tal Norma Jean Baker que, com o tempo, se transformaria em Marilyn Monroe, o sex-symbol mais famoso do século XX.
  55. 1929 O fisiologista Grafenberg inventa o DIU. Mas passa a dedicar-se à história, sobre tudo, por seus estudos da genitália da mulher, sendo o primeiro a descrever a ejaculação feminina, e uma zona erógena onde a uretra esta mais próxima da parede vaginal, que anos depois seria chamado de Ponto G, em sua homenagem. Embora Grafenberg o tenha achado em 1929, a maioria dos homens ainda estão a sua procura.
  56. 1936 A japonesa Sada Abe, depois de matar seu amante, Kichizo Ishida mediante asfixia erótica, cortou a genitália dele e a levou no bolso durante vários dias, e demonstrou, mais uma vez, que as mulheres são capazes de qualquer coisa por eles. O negócio causou sensação no Japão da época, e foi recriado, muitos anos depois, pelo filme O Império dos Sentidos.
  57. 1939-40 Japão e Alemanha desenvolvem as primeiras bonecas infláveis, hoje conhecida como sex dolls. Seu objetivo era fornecer alivio sexual aos soldados, limitados a submarinos navais e outros âmbitos desprovidos de mulher, principalmente para evitar que o soldados, com síndrome de abstinência se estuprassem entre eles.
  58. 1946 O francês Louis Reard tem uma inspiração genial e cria o biquíni, invento que incrementaria notavelmente o atrativo das praias. Seu nome se deve a que, pela mesma época, se realizavam ensaios com armas atômicas no atol de Bikini, no Oceano Pacifico.
  59. 1948 A puritana sociedade norte-americana se estremece até os alicerces com a publicação do primeiro volume dos famosos relatórios de Alfred Kinsey sobre a sexualidade humana, que acendeu uma fogueira de polêmicas cuja repercussão permanece até hoje.
  60. 1950 Em Los Angeles, Califórnia, se funda a Mattachine Society, primeira entidade que agrupa os homossexuais na defesa dos seus interesses comuns.
  61. 1951 O biólogo norte-americano Gregory Pincus descobre que a progesterona atua como inibidor da ovulação, e consegue uma fórmula satisfatória de pílula anticoncepcional, para felicidade de todos e desgosto de sucessivos Papas.
  62. 1952: primeiro transexual o soldado norte-americano George Jorgensen após uma série de injeções e intervenções cirúrgicas, se converte na atriz Christine Jorgensen. Ignora-se o que fizeram com seu pênis.
  63. Também em 1952 a Associação Americana de Psiquiatria declara oficialmente que a histeria feminina não é uma doença legítima, senão um mito antiquado, sem referência na realidade. Os vibradores que até então tinham se comercializado massivamente como utensílios de terapia, saem de circulação e começam a ser visto como objetos de perversão sexual.
  64. 1953. Um obscuro jornalista de revista Children’s Activities, mediante empréstimos, consegue reunir o dinheiro necessário para editar uma revista, e aparece o primeiro numero da Playboy, que inclui fotos de Marilyn Monroe pelada, compradas por Heffner quando a atriz ainda não era famosa.
  65. 1955 Aparece em Paris a primeira edição de Lolita de Vladimir Nabokov, que logo ficou famoso como um dos romances mais polêmicos já publicados, criou o estereotipo das lolitas ou ninfetas, meninas pubescentes sexualmente atrativas.
  66. 1962 Vai à tona o envolvimento do conservador Ministro de Defesa John Profumo com a prostituta de luxo Christine Keeler. Ela, por sua vez, também esta envolvida com o empregado naval soviético Yevgeny Ivanov, considerado um espião real nesses tempos onde a Guerra Fria estava em seu apogeu. Tudo isso acaba num afamado processo judicial, com numerosas fofocas vinculadas à alta sociedade britânica que envolviam prostituição de luxo, orgias e bacanais, e a renúncia do Primeiro Ministro, o que demonstrou que nem sempre sexo é saúde.
  67. 1962 Thomas Cronin e Fran Gerow realizam com sucesso o primeiro implante de silicone. A partir daí seu uso começa a se generalizar e lamber peitos já não seria mais como antigamente.
  68. 1964 Um grupo de militantes naturistas realiza uma invasão a uma praia próxima a Copenhague, na Dinamarca, completamente despidos. Pouco depois, o país permitiu o nudismo livre e ilimitado ao longo de todas suas praias. O exemplo iria se espalhava, sem pressa, mas sem pausa, pelo resto do mundo. A melhor frase sobre o nudismo possivelmente pertença ao genial Mark Twain, que disse: “Se tivesse sido da vontade de Deus que andássemos nus, já teríamos nascido assim”.
  69. 1964 O modista Rudi Genreich, após muito refletir, decide que o biquíni ainda pode ser aperfeiçoado e lança o monokini, que depois se conheceria como top-less. Não é para criticar, mas eu acho que pode ser aperfeiçoado ainda mais.
  70. 1966 Os sexólogos norte-americanos William Masters e Virginia Johnson publicam Human Sexual Response, aprofundando-se ainda mais no caminho aberto por Kinsey.
  71. 1969 Uma violenta batida policial no bar Stonewall Inn, em Nova Iorque, desemboca num confronto entre homossexuais e policiais que se prolonga durante dias, foi o evento catalisador dos modernos movimentos em defesa dos direitos civis GLS.
  72. Em 1969 não só o homem chega a Lua, como também se celebra o famoso Festival de Woodstock, marco do auge da contracultura e do Flower Power, que pregava o sexo livre, as drogas e o rock’n roll. Um pequeno passo para um homem, um passo enorme para a liberalização dos costumes.
  73. 1969 Com o filme Bob & Carol & Ted & Alice se difunde e consagra o swinging (troca de parceiros).
  74. Ainda no ano 1969, como se não bastasse, também se legalizam os pornô shops na Dinamarca, uma moda que, aos poucos, se espalharia por todo Ocidente.
  75. Começa a década de 70 que, mediante filosofia punk, surge o sexo hard.
  76. 1972 Para desgosto da ultra conservadora administração Nixon, se estréia em Nova Iorque o filme Deep Throat  (Garganta Profunda), história de uma mulher que tem o clitóris na boca, e tem que engolir pênis para atingir o orgasmo. O filme custou 25 mil dólares, e arrecadou mais de 600 milhões, virou o filme mais rentável da história do cinema. Ironicamente, o informante do segredo que desencadeou o escândalo Watergate – que provocaria a renúncia do presidente – foi apelidado “Deep Throat”.
  77. Também em 1972 Bernardo Bertolucci dirige O Último Tango em Paris. A manteiga adquire dimensões outrora impensadas.
  78. 1973 Sentença do caso Roe contra Wade: a Corte Suprema de Justiça dos EUA decide que as leis contra o aborto nos EUA violam o “direito à privacidade”, com o respaldo das reivindicações das feministas.
  79. 1976 Estreia o filme Emanuelle, e fica cientificamente comprovado que se pode fumar por outros orifícios que não sejam a boca.
  80. 1976. Um calafrio desce pelas espinhas masculinas: a ex modelo norte-americana Shere Hite publica The Hite Report, onde afirma que só um terço das mulheres atingiu alguma vez o orgasmo, e que as outras só fingem para nos conformar.
  81. Pela mesma época aparecem os primeiros bancos de esperma, instituições suspeitam onde se guardam “porcarias” em vez de guardar dinheiro.
  82. 1978 O serial-killer e supremacista branco, Joseph Franklin, atira sobre Larry Flynt – editor da revista Hustler. Em sua defesa, Franklin alegou sentir-se ultrajado por umas fotos pornográficas publicadas por Flynt na sua revista, nas quais um homem negro trepava com uma mulher branca. Se fosse hoje, ele é quem seria preso!
  83. Com a chegada dos anos 80, surge uma nova disfunção, o IDS (Inibição do Desejo Sexual) subproduto do estresse e das mulheres feias.
  84. Também nos 80 se difunde o fist-fucking, prática sexual consistente na inserção parcial ou total da mão ou o antebraço no ânus ou na vagina do parceiro/parceira. Tem gosto para tudo nesse mundo.
  85. 1981 Aparição de um vírus que, no começo foi chamado de Peste Rosa, pois só atingia homossexuais. Hoje se conhece como Aids.
  86. 1984 Grande ereção coletiva no parlamento italiano: a atriz pornô Ilona Staller, popularmente conhecida como Cicciolina, é eleita deputada na Itália. Apesar da imunidade parlamentar, seguiu dando a vagina, e outras coisinhas mais em filmes e espetáculos pornô.
  87. 1985 A Aids deixa de ser uma preocupação exclusiva da comunidade gay. Paralelamente, as camisinhas voltam a estar na moda.
  88. 1985 Aids e computadores ajudam a difundir o cybersexo ou sexo virtual.
  89. 1986 Kim Bassinger faz um strip-tease em 9 1/2 Semanas de Amor, com música de Joe Cocker, e o mundo se paralisa. Anos depois se revelaria que aquele bumbum glorioso era de uma dublê.
  90. 1991 Desenvolve-se o preservativo feminino.
  91. No mesmo ano, e como contrapartida se cria a pílula anticoncepcional masculina. Falta desenvolver o parto para gays e estaremos completos.
  92. 1992 Madonna publica seu controvertido, hiper promovido e caríssimo livro Sex, que é vendido encapado à prova de abelhudos. Muitos dos que o compraram deram cabeçadas contra as paredes após ter comprovado em que tolice tinham jogado seu dinheiro.
  93. 1993 Os homens temem pela sorte do seu filho predileto: John Wayne Bobbit, marido maltratado, é castrado enquanto dorme pela sua esposa Lorena Bobbit, e em seguida aparecem uma dúzia de copycats em outros países do mundo.
  94. 1995 A estagiária Monica Lewinsky faz uma chupeta ao presidente Bill Clinton e o assunto vira um escândalo internacional, numa tentativa de impeachment e numa risada universal.
  95. Mas não só de sexo oral vive o presidente Clinton: na mesma época autoriza o ingresso de gays às Forças Armadas norte-americanas.
  96. 1996 É patenteado o Santo Graal dos impotentes, o Viagra, primeira pílula aprovada nos EUA para disfunções eréteis.
  97. 1996 Sharon Lopatka, uma adepta da asfixia sexual, faz uso da Internet para achar um homem que a torture e assassine enquanto realizam o ato sexual. Finalmente acha Robert Glass, um cavalheiro à moda antiga, desses dispostos a topar o que for desde que seja para deixá-la satisfeita na cama. Foi o primeiro caso conhecido de homicídio sexual consensual através da Internet.
  98. Ao final da década de 90 começam a vir à tona denúncias contra sacerdotes e religiosos católicos, principalmente nos EUA e Austrália, acendendo uma fogueira de escândalos que continua até os dias atuais, e acabaria respingando até aos Papas João Paulo II e Bento XVI.  Um informe da BBC, de 2004, assinala que 4% do clero católico dos EUA têm estado implicado em práticas sexuais com menores de idade (uns 4000 sacerdotes em 50 anos).
  99. 2005. Aparecem as primeiras referências ao sexting (contração de sex e testing,): prática de divulgação de conteúdos eróticos através de celulares. O costume iniciou-se através das mensagens de texto SMS, mas com o avanço tecnológico, incluíram-se o envio de fotografias e vídeos.
  100. 2009 Edita a Revista Blow-Up de número 01. O sexo jamais seria o mesmo.

Por Roberto Fabregat

Indique esse Post:
  • Print
  • Digg
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • email
  • Technorati
  • Twitter

One Response até “Os 100 fatos que mudaram o sexo”

  1. Marcos disse:

    Que legal vcs foram sensacionais, parabéns a revista Que sacada!!! É interessante todos devem ler… imperdível


Comente!

Copyright © 2014 A Revista Blow Up - Todos os direitos reservados

PHVsPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19hYm91dF9idXR0b248L3N0cm9uZz4gLSBCYWl4ZSBhcXVpIG8gc2V1IHdhbGxwYXBlcjwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2Fib3V0X2hlYWRlcjwvc3Ryb25nPiAtIE5vdmlkYWRlITwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2Fib3V0X3Bob3RvPC9zdHJvbmc+IC0gaHR0cDovL3JldmlzdGFibG93dXAuY29tLmJyL3BvcnRhbC93cC1jb250ZW50L3VwbG9hZHMvMjAxMC8wMy9leGNsdXNpdm8uanBnPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fYWJvdXRfdGV4dDwvc3Ryb25nPiAtIENvbmZpcmEgb3Mgbm9zc29zIHdhbGxwYXBlcnMgZXhjbHVzaXZvcyEgPGJyIC8+DQpWb2PDqiBuw6NvIHZhaSBkZXNncnVkYXIgb3Mgb2xob3MgZG8gc2V1IG1vbml0b3IhPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fYWRfMzAwX2Fkc2Vuc2U8L3N0cm9uZz4gLSA8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19hZF8zMDBfaW1hZ2U8L3N0cm9uZz4gLSBodHRwOi8vd3d3Lndvb3RoZW1lcy5jb20vYWRzLzMwMHgyNTBhLmpwZzwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2FkXzMwMF91cmw8L3N0cm9uZz4gLSBodHRwOi8vd3d3Lndvb3RoZW1lcy5jb208L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19hZF9jb250ZW50PC9zdHJvbmc+IC0gZmFsc2U8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19hZF9jb250ZW50X2Fkc2Vuc2U8L3N0cm9uZz4gLSA8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19hZF9jb250ZW50X2ltYWdlPC9zdHJvbmc+IC0gaHR0cDovL3d3dy53b290aGVtZXMuY29tL2Fkcy83Mjh4OTBhLmpwZzwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2FkX2NvbnRlbnRfdXJsPC9zdHJvbmc+IC0gaHR0cDovL3d3dy53b290aGVtZXMuY29tPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fYWRfaGVhZGVyPC9zdHJvbmc+IC0gZmFsc2U8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19hZF9oZWFkZXJfY29kZTwvc3Ryb25nPiAtIDwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2FkX2hlYWRlcl9pbWFnZTwvc3Ryb25nPiAtIGh0dHA6Ly93d3cud29vdGhlbWVzLmNvbS9hZHMvNDY4eDYwYS5qcGc8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19hZF9oZWFkZXJfdXJsPC9zdHJvbmc+IC0gaHR0cDovL3d3dy53b290aGVtZXMuY29tPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fYWRfdG9wPC9zdHJvbmc+IC0gZmFsc2U8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19hZF90b3BfYWRzZW5zZTwvc3Ryb25nPiAtIDwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2FkX3RvcF9pbWFnZTwvc3Ryb25nPiAtIGh0dHA6Ly93d3cud29vdGhlbWVzLmNvbS9hZHMvNDY4eDYwYS5qcGc8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19hZF90b3BfdXJsPC9zdHJvbmc+IC0gaHR0cDovL3d3dy53b290aGVtZXMuY29tPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fYWx0X3N0eWxlc2hlZXQ8L3N0cm9uZz4gLSBibGFjay5jc3M8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19hdXRvX2ltZzwvc3Ryb25nPiAtIHRydWU8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19ibG9nX2NhdDwvc3Ryb25nPiAtIDwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2Jsb2dfbmF2aWdhdGlvbjwvc3Ryb25nPiAtIGZhbHNlPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fYmxvZ19wZXJtYWxpbms8L3N0cm9uZz4gLSA8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19ibG9nX3N1Ym5hdmlnYXRpb248L3N0cm9uZz4gLSBmYWxzZTwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2J1dHRvbl9saW5rPC9zdHJvbmc+IC0gaHR0cDovL3JldmlzdGFibG93dXAuY29tLmJyL3BvcnRhbC8yMDEwLzA2L3dhbGxwYXBlcnMtZGEtYmxvdy11cC0yLzwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2NhdF9ib3hfMTwvc3Ryb25nPiAtIHRydWU8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19jYXRfYm94XzE3PC9zdHJvbmc+IC0gZmFsc2U8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19jYXRfYm94XzE3X2ltYWdlPC9zdHJvbmc+IC0gaHR0cDovL3JldmlzdGFibG93dXAuY29tLmJyL3BvcnRhbC93cC1jb250ZW50L3dvb191cGxvYWRzLzI4LWNvbXAuanBnPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fY2F0X2JveF8xODE8L3N0cm9uZz4gLSBmYWxzZTwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2NhdF9ib3hfMTgxX2ltYWdlPC9zdHJvbmc+IC0gaHR0cDovL3JldmlzdGFibG93dXAuY29tLmJyL3BvcnRhbC93cC1jb250ZW50L3dvb191cGxvYWRzLzM1LTIyLXVwZ3JhZGVfb2suanBnPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fY2F0X2JveF8xODI8L3N0cm9uZz4gLSBmYWxzZTwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2NhdF9ib3hfMTgyX2ltYWdlPC9zdHJvbmc+IC0gPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fY2F0X2JveF8xX2ltYWdlPC9zdHJvbmc+IC0gPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fY2F0X2JveF8yMjwvc3Ryb25nPiAtIGZhbHNlPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fY2F0X2JveF8yMl9pbWFnZTwvc3Ryb25nPiAtIDwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2NhdF9ib3hfMjk8L3N0cm9uZz4gLSBmYWxzZTwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2NhdF9ib3hfMjlfaW1hZ2U8L3N0cm9uZz4gLSBodHRwOi8vcmV2aXN0YWJsb3d1cC5jb20uYnIvcG9ydGFsL3dwLWNvbnRlbnQvdXBsb2Fkcy8yMDEwLzA2LzE1LWNvbnRvMDMuanBnPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fY2F0X2JveF8zPC9zdHJvbmc+IC0gdHJ1ZTwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2NhdF9ib3hfMzA8L3N0cm9uZz4gLSBmYWxzZTwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2NhdF9ib3hfMzBfaW1hZ2U8L3N0cm9uZz4gLSBodHRwOi8vcmV2aXN0YWJsb3d1cC5jb20uYnIvcG9ydGFsL3dwLWNvbnRlbnQvd29vX3VwbG9hZHMvNDEtZGVkb19uYV9saW5ndWEuanBnPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fY2F0X2JveF8zMTwvc3Ryb25nPiAtIGZhbHNlPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fY2F0X2JveF8zMV9pbWFnZTwvc3Ryb25nPiAtIGh0dHA6Ly9yZXZpc3RhYmxvd3VwLmNvbS5ici9wb3J0YWwvd3AtY29udGVudC93b29fdXBsb2Fkcy8zOS1lbnRyZXQuanBnPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fY2F0X2JveF8zODI8L3N0cm9uZz4gLSB0cnVlPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fY2F0X2JveF8zODJfaW1hZ2U8L3N0cm9uZz4gLSBodHRwOi8vcmV2aXN0YWJsb3d1cC5jb20uYnIvcG9ydGFsL3dwLWNvbnRlbnQvdXBsb2Fkcy8yMDEwLzA2L2JpYTEuanBnPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fY2F0X2JveF8zX2ltYWdlPC9zdHJvbmc+IC0gPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fY2F0X2JveF80PC9zdHJvbmc+IC0gdHJ1ZTwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2NhdF9ib3hfNF9pbWFnZTwvc3Ryb25nPiAtIDwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2NhdF9ib3hfNTwvc3Ryb25nPiAtIHRydWU8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19jYXRfYm94XzVfaW1hZ2U8L3N0cm9uZz4gLSA8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19jYXRfYm94XzY8L3N0cm9uZz4gLSB0cnVlPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fY2F0X2JveF82ODwvc3Ryb25nPiAtIGZhbHNlPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fY2F0X2JveF82OF9pbWFnZTwvc3Ryb25nPiAtIGh0dHA6Ly9yZXZpc3RhYmxvd3VwLmNvbS5ici9wb3J0YWwvd3AtY29udGVudC93b29fdXBsb2Fkcy80MC1mdXRlYm9sLTUyNzRfY29weS5qcGc8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19jYXRfYm94XzZfaW1hZ2U8L3N0cm9uZz4gLSBodHRwOi8vcmV2aXN0YWJsb3d1cC5jb20uYnIvcG9ydGFsL3dwLWNvbnRlbnQvd29vX3VwbG9hZHMvNi10YXRpX2Rlc3RhcXVlLmpwZzwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2NhdF9ib3hfNzwvc3Ryb25nPiAtIGZhbHNlPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fY2F0X2JveF83X2ltYWdlPC9zdHJvbmc+IC0gaHR0cDovL3JldmlzdGFibG93dXAuY29tLmJyL3BvcnRhbC93cC1jb250ZW50L3dvb191cGxvYWRzLzctYW1hbmRhX3NhYmF0aW5pLmpwZzwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2NhdF9ib3hfODc8L3N0cm9uZz4gLSBmYWxzZTwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2NhdF9ib3hfODdfaW1hZ2U8L3N0cm9uZz4gLSBodHRwOi8vcmV2aXN0YWJsb3d1cC5jb20uYnIvcG9ydGFsL3dwLWNvbnRlbnQvd29vX3VwbG9hZHMvMzgtc3VwZXJtYXF1aW5hcy5qcGc8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19jdXN0b21fY3NzPC9zdHJvbmc+IC0gPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fY3VzdG9tX2Zhdmljb248L3N0cm9uZz4gLSBodHRwOi8vcmV2aXN0YWJsb3d1cC5jb20uYnIvcG9ydGFsL3dwLWNvbnRlbnQvd29vX3VwbG9hZHMvMy1mYXZpY29uLmljbzwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2ZlYXR1cmVkX3Bvc3RzPC9zdHJvbmc+IC0gNjwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2ZlZWRidXJuZXJfdXJsPC9zdHJvbmc+IC0gPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fZ29vZ2xlX2FuYWx5dGljczwvc3Ryb25nPiAtIDxzY3JpcHQgdHlwZT1cInRleHQvamF2YXNjcmlwdFwiPg0KdmFyIGdhSnNIb3N0ID0gKChcImh0dHBzOlwiID09IGRvY3VtZW50LmxvY2F0aW9uLnByb3RvY29sKSA/IFwiaHR0cHM6Ly9zc2wuXCIgOiBcImh0dHA6Ly93d3cuXCIpOw0KZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoXCIlM0NzY3JpcHQgc3JjPVwnXCIgKyBnYUpzSG9zdCArIFwiZ29vZ2xlLWFuYWx5dGljcy5jb20vZ2EuanNcJyB0eXBlPVwndGV4dC9qYXZhc2NyaXB0XCclM0UlM0Mvc2NyaXB0JTNFXCIpKTsNCjwvc2NyaXB0Pg0KPHNjcmlwdCB0eXBlPVwidGV4dC9qYXZhc2NyaXB0XCI+DQp0cnkgew0KdmFyIHBhZ2VUcmFja2VyID0gX2dhdC5fZ2V0VHJhY2tlcihcIlVBLTE4NjYzMDMtMjRcIik7DQpwYWdlVHJhY2tlci5fdHJhY2tQYWdldmlldygpOw0KfSBjYXRjaChlcnIpIHt9PC9zY3JpcHQ+PC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fbG9nbzwvc3Ryb25nPiAtIGh0dHA6Ly9yZXZpc3RhYmxvd3VwLmNvbS5ici9wb3J0YWwvd3AtY29udGVudC93b29fdXBsb2Fkcy80LWJsb3d1cC5wbmc8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19tYW51YWw8L3N0cm9uZz4gLSBodHRwOi8vd3d3Lndvb3RoZW1lcy5jb20vc3VwcG9ydC90aGVtZS1kb2N1bWVudGF0aW9uL2FwZXJ0dXJlLzwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX25hdl9leGNsdWRlPC9zdHJvbmc+IC0gPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fcmVzaXplPC9zdHJvbmc+IC0gdHJ1ZTwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX3Njcm9sbGVyX3Bvc3RzPC9zdHJvbmc+IC0gNjwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX3Nob3J0bmFtZTwvc3Ryb25nPiAtIHdvbzwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX3RoZW1lbmFtZTwvc3Ryb25nPiAtIEFwZXJ0dXJlPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fdXBsb2Fkczwvc3Ryb25nPiAtIGE6NDA6e2k6MDtzOjc5OiJodHRwOi8vcmV2aXN0YWJsb3d1cC5jb20uYnIvcG9ydGFsL3dwLWNvbnRlbnQvd29vX3VwbG9hZHMvNDEtZGVkb19uYV9saW5ndWEuanBnIjtpOjE7czo4MjoiaHR0cDovL3JldmlzdGFibG93dXAuY29tLmJyL3BvcnRhbC93cC1jb250ZW50L3dvb191cGxvYWRzLzQwLWZ1dGVib2wtNTI3NF9jb3B5LmpwZyI7aToyO3M6NzE6Imh0dHA6Ly9yZXZpc3RhYmxvd3VwLmNvbS5ici9wb3J0YWwvd3AtY29udGVudC93b29fdXBsb2Fkcy8zOS1lbnRyZXQuanBnIjtpOjM7czo3ODoiaHR0cDovL3JldmlzdGFibG93dXAuY29tLmJyL3BvcnRhbC93cC1jb250ZW50L3dvb191cGxvYWRzLzM4LXN1cGVybWFxdWluYXMuanBnIjtpOjQ7czo3NDoiaHR0cDovL3JldmlzdGFibG93dXAuY29tLmJyL3BvcnRhbC93cC1jb250ZW50L3dvb191cGxvYWRzLzM3LWNhcm9scGFlcy5qcGciO2k6NTtzOjcxOiJodHRwOi8vcmV2aXN0YWJsb3d1cC5jb20uYnIvcG9ydGFsL3dwLWNvbnRlbnQvd29vX3VwbG9hZHMvMzYtc2ltb25lLmpwZyI7aTo2O3M6Nzg6Imh0dHA6Ly9yZXZpc3RhYmxvd3VwLmNvbS5ici9wb3J0YWwvd3AtY29udGVudC93b29fdXBsb2Fkcy8zNS0yMi11cGdyYWRlX29rLmpwZyI7aTo3O3M6Njk6Imh0dHA6Ly9yZXZpc3RhYmxvd3VwLmNvbS5ici9wb3J0YWwvd3AtY29udGVudC93b29fdXBsb2Fkcy8zNC1wYWVzLmpwZyI7aTo4O3M6Nzk6Imh0dHA6Ly9yZXZpc3RhYmxvd3VwLmNvbS5ici9wb3J0YWwvd3AtY29udGVudC93b29fdXBsb2Fkcy8zMy1lbnRyZXRlbmltZW50by5qcGciO2k6OTtzOjY3OiJodHRwOi8vcmV2aXN0YWJsb3d1cC5jb20uYnIvcG9ydGFsL3dwLWNvbnRlbnQvd29vX3VwbG9hZHMvMzItZjEuanBnIjtpOjEwO3M6Njc6Imh0dHA6Ly9yZXZpc3RhYmxvd3VwLmNvbS5ici9wb3J0YWwvd3AtY29udGVudC93b29fdXBsb2Fkcy8zMi11cC5qcGciO2k6MTE7czo3NjoiaHR0cDovL3JldmlzdGFibG93dXAuY29tLmJyL3BvcnRhbC93cC1jb250ZW50L3dvb191cGxvYWRzLzMxLWVudHJldmlzdGFzLmpwZyI7aToxMjtzOjY5OiJodHRwOi8vcmV2aXN0YWJsb3d1cC5jb20uYnIvcG9ydGFsL3dwLWNvbnRlbnQvd29vX3VwbG9hZHMvMzAtcGFwby5qcGciO2k6MTM7czo3MDoiaHR0cDovL3JldmlzdGFibG93dXAuY29tLmJyL3BvcnRhbC93cC1jb250ZW50L3dvb191cGxvYWRzLzI5LWNvbnRvLmpwZyI7aToxNDtzOjY5OiJodHRwOi8vcmV2aXN0YWJsb3d1cC5jb20uYnIvcG9ydGFsL3dwLWNvbnRlbnQvd29vX3VwbG9hZHMvMjgtY29tcC5qcGciO2k6MTU7czo2OToiaHR0cDovL3JldmlzdGFibG93dXAuY29tLmJyL3BvcnRhbC93cC1jb250ZW50L3dvb191cGxvYWRzLzI3LXRhdGkuanBnIjtpOjE2O3M6Njc6Imh0dHA6Ly9yZXZpc3RhYmxvd3VwLmNvbS5ici9wb3J0YWwvd3AtY29udGVudC93b29fdXBsb2Fkcy8yNi02OS5qcGciO2k6MTc7czo3MToiaHR0cDovL3JldmlzdGFibG93dXAuY29tLmJyL3BvcnRhbC93cC1jb250ZW50L3dvb191cGxvYWRzLzI1LWVudHJldC5qcGciO2k6MTg7czo4MzoiaHR0cDovL3JldmlzdGFibG93dXAuY29tLmJyL3BvcnRhbC93cC1jb250ZW50L3dvb191cGxvYWRzLzI0LWNvbXBvcnRhbWVudG9fdG9wby5qcGciO2k6MTk7czo4MDoiaHR0cDovL3JldmlzdGFibG93dXAuY29tLmJyL3BvcnRhbC93cC1jb250ZW50L3dvb191cGxvYWRzLzIzLWVyb3RpY19mYWlyXzEyMC5qcGciO2k6MjA7czo3NToiaHR0cDovL3JldmlzdGFibG93dXAuY29tLmJyL3BvcnRhbC93cC1jb250ZW50L3dvb191cGxvYWRzLzIyLXVwZ3JhZGVfb2suanBnIjtpOjIxO3M6NzQ6Imh0dHA6Ly9yZXZpc3RhYmxvd3VwLmNvbS5ici9wb3J0YWwvd3AtY29udGVudC93b29fdXBsb2Fkcy8yMS1wYXBvX3NleG8uanBnIjtpOjIyO3M6Nzk6Imh0dHA6Ly9yZXZpc3RhYmxvd3VwLmNvbS5ici9wb3J0YWwvd3AtY29udGVudC93b29fdXBsb2Fkcy8yMC1lbnRyZXZpc3Rhc19vay5qcGciO2k6MjM7czo3MDoiaHR0cDovL3JldmlzdGFibG93dXAuY29tLmJyL3BvcnRhbC93cC1jb250ZW50L3dvb191cGxvYWRzLzE5LTY5X29rLmpwZyI7aToyNDtzOjcwOiJodHRwOi8vcmV2aXN0YWJsb3d1cC5jb20uYnIvcG9ydGFsL3dwLWNvbnRlbnQvd29vX3VwbG9hZHMvMTgtNjlfb2suanBnIjtpOjI1O3M6NzQ6Imh0dHA6Ly9yZXZpc3RhYmxvd3VwLmNvbS5ici9wb3J0YWwvd3AtY29udGVudC93b29fdXBsb2Fkcy8xNy1wYXBvX3NleG8uanBnIjtpOjI2O3M6NzQ6Imh0dHA6Ly9yZXZpc3RhYmxvd3VwLmNvbS5ici9wb3J0YWwvd3AtY29udGVudC93b29fdXBsb2Fkcy8xNi1wYXBvX3NleG8uanBnIjtpOjI3O3M6NzI6Imh0dHA6Ly9yZXZpc3RhYmxvd3VwLmNvbS5ici9wb3J0YWwvd3AtY29udGVudC93b29fdXBsb2Fkcy8xNS1jb250bzAzLmpwZyI7aToyODtzOjY3OiJodHRwOi8vcmV2aXN0YWJsb3d1cC5jb20uYnIvcG9ydGFsL3dwLWNvbnRlbnQvd29vX3VwbG9hZHMvMTQtNjkuanBnIjtpOjI5O3M6NzE6Imh0dHA6Ly9yZXZpc3RhYmxvd3VwLmNvbS5ici9wb3J0YWwvd3AtY29udGVudC93b29fdXBsb2Fkcy8xMy1jb250b3MuanBnIjtpOjMwO3M6NzY6Imh0dHA6Ly9yZXZpc3RhYmxvd3VwLmNvbS5ici9wb3J0YWwvd3AtY29udGVudC93b29fdXBsb2Fkcy8xMi1zZXh5X2xpcHNfMS5qcGciO2k6MzE7czo3ODoiaHR0cDovL3JldmlzdGFibG93dXAuY29tLmJyL3BvcnRhbC93cC1jb250ZW50L3dvb191cGxvYWRzLzExLXRhdGlfZGVzdGFxdWUuanBnIjtpOjMyO3M6Njk6Imh0dHA6Ly9yZXZpc3RhYmxvd3VwLmNvbS5ici9wb3J0YWwvd3AtY29udGVudC93b29fdXBsb2Fkcy8xMC10bnQxLmpwZyI7aTozMztzOjgwOiJodHRwOi8vcmV2aXN0YWJsb3d1cC5jb20uYnIvcG9ydGFsL3dwLWNvbnRlbnQvd29vX3VwbG9hZHMvOS13X2hfYm9hdHNob3dfMDAyLmpwZyI7aTozNDtzOjcxOiJodHRwOi8vcmV2aXN0YWJsb3d1cC5jb20uYnIvcG9ydGFsL3dwLWNvbnRlbnQvd29vX3VwbG9hZHMvOC12YW5lc3NhLmpwZyI7aTozNTtzOjc5OiJodHRwOi8vcmV2aXN0YWJsb3d1cC5jb20uYnIvcG9ydGFsL3dwLWNvbnRlbnQvd29vX3VwbG9hZHMvNy1hbWFuZGFfc2FiYXRpbmkuanBnIjtpOjM2O3M6Nzc6Imh0dHA6Ly9yZXZpc3RhYmxvd3VwLmNvbS5ici9wb3J0YWwvd3AtY29udGVudC93b29fdXBsb2Fkcy82LXRhdGlfZGVzdGFxdWUuanBnIjtpOjM3O3M6NzY6Imh0dHA6Ly9yZXZpc3RhYmxvd3VwLmNvbS5ici9wb3J0YWwvd3AtY29udGVudC93b29fdXBsb2Fkcy81LWJhbm5lcjQ2OHg2MC5qcGciO2k6Mzg7czo3MDoiaHR0cDovL3JldmlzdGFibG93dXAuY29tLmJyL3BvcnRhbC93cC1jb250ZW50L3dvb191cGxvYWRzLzQtYmxvd3VwLnBuZyI7aTozOTtzOjcxOiJodHRwOi8vcmV2aXN0YWJsb3d1cC5jb20uYnIvcG9ydGFsL3dwLWNvbnRlbnQvd29vX3VwbG9hZHMvMy1mYXZpY29uLmljbyI7fTwvbGk+PC91bD4=